Receba nossos conteúdos exclusivos!

O melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para você ficar por dentro de tudo o que acontece no setor!

N
Notícias

Pesquisas indicam setor imobiliário otimista com o futuro

Mesmo sem grandes avanços neste início de ano, players apostam em bons resultados nos próximos meses

6/3/19

Se é fato que ainda não aconteceram grandes mudanças no campo político-econômico com Jair Bolsonaro à frente da Presidência, também é verdade que os líderes do mercado imobiliário mantêm a confiança no novo governo. As polêmicas que surgiram nos primeiros dois meses de mandato parecem se apequenar diante da perspectiva de reformas e abertura da economia.

Levantamento realizado pelo GRI Club com 90 representantes de alto escalão de empresas do setor aponta que para 97,7% dos consultados as novas diretrizes econômicas e o impacto da mudança de gestão são positivas para o País, consoante ao índice de 94% dos que crêem que tais efeitos positivos serão duradouros. As respostas foram colhidas em fevereiro.

Outro dado expressivo são os 96,6% que apostam em avanço da economia nos próximos meses, 3,5% a mais do que na pesquisa feita pelo GRI Club em novembro do ano passado, logo após as eleições presidenciais. O percentual dos que projetam uma economia “muito melhor”, porém, caiu 3%, indicando receio de que mudanças importantes demorem a acontecer, sobretudo a reforma da Previdência.

A análise é reforçada por números de uma pesquisa da ADIT finalizada em janeiro, que indica o fator político (33%) como o de maior risco para os negócios imobiliários. Houve, entretanto, uma redução – em abril de 2018 eram 48%. O risco econômico subiu para 28%, seguido pelo mercadológico (16%) e financeiro (13%).

Neste início de ano, 80% dos players acreditam que a economia está em retomada lenta e 6% enxergam crescimento elevado – no ano passado, os índices eram de 74% e 2%, respectivamente. Para os próximos meses, 78% projetam mudanças neste cenário, sendo 52% para crescimento elevado. Apenas 1% acredita que a economia vai piorar ao longo do ano.

Ambas as pesquisas apontam que os líderes estão otimistas com relação aos resultados de suas empresas, assim como estão dispostos a fazer novos investimentos imobiliários: no levantamento do GRI Club, 87,4% creem em números bons ou excelentes nos próximos meses e ninguém prevê resultados ruins.

Na consulta da ADIT, 93% dos 198 consultados pretendem investir ou empreender no mercado imobiliário até dezembro, sendo o segmento residencial o predileto em ambas as pesquisas – vertical ou loteamentos. Os segmentos de shoppings & varejo e hotéis são os que menos atraem atenção dos players.

Estabilidade política e disponibilidade de crédito aparecem como os aspectos mais importantes para o desenvolvimento do mercado imobiliário brasileiro.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

leia também
Para Mais conteúdo exclusivo, siga nossas redes!
DESIGN & CODE BY Mobme