search

Ministro detalha novo programa habitacional para famílias de baixa renda

Governo destinará crédito para construção, compra ou reforma de imóveis

17/10/19

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, deu novas informações sobre o programa habitacional que sucederá o Minha Casa, Minha Vida, em entrevista ao Broadcast/Estadão. Voltado a famílias de baixa renda, ele consistirá na distribuição de vouchers (vale-crédito) para construção, compra ou reforma de imóveis.

Em um primeiro momento, a iniciativa será executada em municípios pequenos – com até 50 mil habitantes. Terão prioridade as famílias que habitam imóveis precários ou que sequer têm moradia nas zonas urbanas. A seleção dos beneficiários caberá ao MDR e será feita através do Cadastro Único, usado, dentre outros, para o Bolsa Família.

Em média, a renda limite para participação no programa será de R$ 1,2 mil mensais, mas Canuto pondera que a régua pode ser ampliada de acordo com as especificidades de cada região, assim como o valor do voucher. Para ilustrar, o ministro citou a dificuldade de acesso a regiões no interior do Amazonas, que encarecem os imóveis.

O recorte vai utilizar como base as 133 regiões intermediárias mapeadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com Canuto, existem 114.591 lares sem condições adequadas de habitação em 1.610 cidades brasileiras. Feito este diagnóstico, o MDR procederá com estudos de campo para entender as características do mercado em cada município, para que finalmente decida a quantidade de vouchers e selecione as famílias.

Segundo Canuto, o programa deve ter início no 1º semestre de 2020, embora os recursos para os vouchers não constem no projeto orçamentário do Executivo para o ano que vem. A escassez financeira, aliás, foi determinante para a limitação da primeira fase somente a municípios pequenos. 

Veja também: Orçamento quase 50% menor em 2020 preocupa empresas da construção

Ainda sem nome, sem orçamento previsto e com uma série de outras questões a serem definidas (como operacionalização e fiscalização da aplicação dos créditos), a bandeira do programa é permitir que o beneficiário decida onde morar e em que tipo de casa, desde que cumpa o valor do voucher, afirma Canuto. “O objetivo é retirar o intermediário e permitir que os beneficiários participem do processo de escolha da casa”.

Assim como no recém-lançado programa paulista Nossa Casa, a ideia é negociar com as prefeituras a cessão de terrenos para construção dos imóveis. 

E nas demais faixas, como fica?

De acordo com o ministro, para famílias com renda mensal acima de R$ 1,2 mil, a ideia é manter os subsídios, mas sem alocar recursos da União. No início de setembro, o Conselho Curador do FGTS publicou resolução autorizando aportes exclusivamente oriundos do fundo para contratação de novas unidades. 

Outra alternativa são os bancos privados – o Bradesco já oferece crédito a famílias com renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil (enquadradas na faixa 3) desde que as taxas de juros do crédito imobiliário caíram, tornando atrativo o financiamento com recursos da poupança. 

Outra iniciativa para essas faixas é o programa Aproxima, que deve atender famílias com rendas mensais entre 2 e 5 salários mínimos em um modelo de locação por 20 anos, período após o qual os beneficiários se tornam proprietários dos imóveis. Ambos os programas têm previsão de anúncio oficial em dezembro.

Veja também: Governo vai lançar programa habitacional baseado em locação

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Ribeirão Preto - São Paulo

Fórum Imobiliário Ribeirão Preto

18 junho
2020

saiba mais

Salvador - Bahia

Fórum Imobiliário Nordeste

25 junho
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Summit Moradias Populares

06 agosto
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Summit Gestão Inovadora 2020

27 agosto
2020

saiba mais

Rio de Janeiro - RJ

Fórum Imobiliário Rio de Janeiro

10 setembro
2020

saiba mais

Brasília - Distrito Federal

Fórum Imobiliário Brasília

24 setembro
2020

saiba mais

Curitiba - Paraná

Fórum Imobiliário Curitiba

01 outubro
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Summit Modelos Disruptivos 2020

05 outubro
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Summit Multipropriedade 2020

20 outubro
2020

saiba mais

Presidente Prudente - São Paulo

Fórum Imobiliário Presidente Prudente

22 outubro
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Law Summit 2020

05 novembro
2020

saiba mais

Fortaleza - Ceará

Fórum Imobiliário Fortaleza

19 novembro
2020

saiba mais

Belo Horizonte - Minas Gerais

Fórum Imobiliário Belo Horizonte

26 novembro
2020

saiba mais

Goiânia - Goiás

Fórum Imobiliário Goiânia

02 dezembro
2020

saiba mais
DESIGN & CODE BY Mobme