search

Financiamento via SBPE bate recorde em agosto, e bancos reduzem juros

Poupança emprestou R$ 6,71 bilhões para compra ou construção de 26,4 mil imóveis

9/10/19

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) alcançaram o maior patamar do ano em agosto, totalizando R$ 6,71 bilhões para compra ou construção de 26,4 mil imóveis. O montante supera em 0,1% o resultado de julho e em 18,4% o total financiado em agosto do ano passado. 

De acordo com o boletim mensal da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), nos primeiros oito meses de 2019 foram aplicados R$ 47,1 bilhões no setor, o que representa aumento de 31,4% em relação ao mesmo período do ano passado. No recorte dos últimos 12 meses até agosto, os empréstimos totalizaram R$ 68,6 bilhões, alta de 37,8% na comparação com os 12 meses precedentes e melhor resultado desde o período entre setembro/2014 e agosto/2015.

Em meio à retomada do setor e ao cenário de queda da taxa Selic, os principais bancos do país estão reduzindo as taxas cobradas no crédito imobiliário. Desde que o Conselho de Política Monetária (Copom) baixou a Selic para 5,5%, o Itaú reduziu duas vezes suas taxas, primeiro para 8,1% + TR e agora para 7,45% + TR (ao ano). No início do mês, o Bradesco – maior financiador privado do mercado – cortou as taxas para 7,30% + TR. Em julho, o Santander já havia baixado para 7,99% + TR.

“Este é o momento ideal para quem quer comprar imóvel. As taxas de juros no mercado financeiro nunca estiveram tão atraentes. Dependendo do grau de relacionamento do cliente com a instituição, as condições podem ser ainda melhores do que as anunciadas”, enfatiza o diretor executivo da Smartus, Guilherme de Mauro. 

O movimento dos bancos privados está de acordo com o esperado pelo governo ao permitir que os juros do crédito imobiliário sejam corrigidos pela inflação. Ainda que nenhum deles tenha aderido à medida até o momento, o fato de a Caixa fazê-lo impõe a necessidade de cortes nas taxas para manter a competitividade. Em pouco mais de um mês de vigência, o banco estatal alcançou a marca de R$ 1 bilhão contratados pela nova linha de crédito.

Na manhã desta terça-feira (8), a Caixa também anunciou redução das taxas de juros atreladas à Taxa Referencial (TR), de 8,5% para 7,5% + TR ao ano, em reação aos cortes realizados pelos bancos privados.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

São José dos Campos

Fórum Imobiliário

31 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Smartus Law Summit 2019

05 novembro
2019

saiba mais

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais

Rio de Janeiro

Fórum Imobiliário

28 novembro
2019

saiba mais

Brasília

Fórum Imobiliário

04 dezembro
2019

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação