search

Setor da construção lidera contratações em julho

Saldo é o melhor para o mês nos últimos 7 anos

26/8/19

A construção civil é o setor que apresentou melhor saldo entre admissões e desligamentos no mês passado, com 18.721 postos formais de trabalho abertos, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No acumulado do ano, são 77.481 vagas, 3,92% a mais do que no mesmo período em 2018 e melhor desempenho desde 2014 (80.841).

O resultado de julho é o melhor para o mês desde 2012, quando o saldo foi de 25.433 novos empregos. Em 2015 e 2016, o setor amargou mais demissões do que contratações. No mês passado, a construção civil abriu quase 10 mil vagas a mais do que o setor de serviços – segundo colocado no ranking do Caged. 

Em números absolutos, a região Sudeste novamente liderou, abrindo 9.957 postos de trabalho (pouco mais da metade do total), com destaque expressivo para Minas Gerais (+5.958). Em termos de variação, o melhor resultado foi da região Norte (2,85%). 

Em apenas quatro estados a construção civil demitiu mais do que contratou: Goiás (-182), Paraíba (-151), Rio Grande do Sul (-104) e Tocantins (-24). Além de Minas Gerais (2,29%), os estados que se destacaram são Pará (3,9%), Amapá (3,09%), Rondônia (2,54%), Piauí (2,13%) e Amazonas (2,1%).

Apesar dos números positivos, a taxa de rotatividade no setor subiu para 7,74% em julho, abaixo apenas da agropecuária (9,4%). O indicador mede o percentual de desligamentos – voluntários ou não – em relação ao número de profissionais contratados no período, ou seja, quanto maior, sinal de que menos estáveis são os empregos.

Para a economista Ieda Vasconcelos, da CBIC, a evolução nas contratações resulta de fatores como juros baixos, inflação controlada, avanço da reforma da Previdência, expectativas com a reforma tributária e novas condições no crédito imobiliário, que fomentam o consumo.

Por outro lado, o setor ainda está distante de alcançar os patamares anteriores à mais recente crise econômica, quando empregava formalmente 3,4 milhões de pessoas. No fim do mês passado, estavam registrados 2,05 milhões de trabalhadores na construção civil.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

São Paulo

Summit Modelos Disruptivos

23 setembro
2019

saiba mais

Curitiba

Fórum Imobiliário

10 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Summit Alto Padrão 2019

24 outubro
2019

saiba mais

São José dos Campos

Fórum Imobiliário

31 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Smartus Law Summit 2019

05 novembro
2019

saiba mais

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais

Rio de Janeiro

Fórum Imobiliário

28 novembro
2019

saiba mais

Brasília

Fórum Imobiliário

04 dezembro
2019

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação