search

Poupança empresta 35% a mais no 1º bimestre em relação a 2018

Variação está acima do esperado para o período

4/4/19

O boletim informativo de fevereiro publicado pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) mostra que os empréstimos para construção e aquisição de imóveis cresceram 34,9% nos dois primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado, somando R$ 9,96 bilhões.

O montante representa pouco mais de 14% do total projetado pela Abecip para o SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) em 2019 (R$ 69 bilhões). O volume movimentado em fevereiro foi 4,5% menor que o de janeiro, porém 38% maior em relação a fevereiro de 2018.

Os R$ 4,87 bilhões injetados no mercado financiaram a construção ou compra de 19,4 mil imóveis, quase 50% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Bradesco e Caixa lideram os financiamentos, com empréstimos de R$ 1,37 bilhão e R$ 1,22 bilhão, respectivamente. No mês passado, o banco estatal foi novamente o que financiou mais unidades, indicando que a instituição está focada principalmente na população de média e baixa renda (imóveis mais baratos).

Bom início

A variação percentual do SBPE no primeiro bimestre está acima da média estimada pela Abecip, que no cenário mais equilibrado projetou aumento de 20% (em relação a 2018) no volume de financiamentos até dezembro.

Quando emitiu a previsão, a entidade explicou que se trata de um cenário intermediário, o qual pode oscilar de acordo com o desempenho da economia brasileira e o humor do mercado para novos investimentos – este bastante condicionado ao avanço ou não de reformas como a da Previdência.

Análise

O bom momento do SBPE contrasta com a iminente crise do programa Minha Casa, Minha Vida, cujo principal financiador é o FGTS, embora o problema atualmente esteja nos repasses insuficientes da União.

O cenário condiz com a retomada do segmento de médio e alto padrão no ano passado – quando houve 36% a mais de lançamentos do que em 2017 – e a previsão de crescimento entre 20% e 30% em 2019, segundo projeção da CBIC.

As mudanças no SFH (Sistema Financeiro da Habitação), em vigor desde o início do ano, também ajudaram a aquecer o mercado, principalmente porque expandiram as fontes de financiamento para imóveis de médio e alto padrão.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Serra Gaúcha - Gramado

Fórum Imobiliário Serra Gaúcha

13 março
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Proptech Summit 2020

19 março
2020

saiba mais

Amazonas - Manaus

Fórum Imobiliário Amazonas

14 abril
2020

saiba mais

Pará - Belém

Smartus Fórum Imobiliário Pará 2020

16 abril
2020

saiba mais

Campinas - São Paulo

Smartus Fórum Imobiliário Campinas

20 maio
2020

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação