Receba nossos conteúdos exclusivos!

O melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para você ficar por dentro de tudo o que acontece no setor!

E
Editorial

Mercado imobiliário gostou das possibilidades geradas no ambiente digital

Distanciamento social abriu portas para novas formas de conhecimento e realização de negócios

Henrique Cisman

20/08/2020

Lá em março, quando houve os primeiros sinais de que a pandemia do novo coronavírus seria algo duradouro, pairou a dúvida sobre como a economia poderia lidar com as atividades paralisadas por tempo indeterminado. Como revelado por diversos indicadores, alguns negócios sofreram mais do que outros e, para a felicidade do mercado imobiliário, os canteiros de obra foram pouco afetados.

Até então, este era o grande trunfo das incorporadoras, construtoras e prestadores de serviços. Se a obra continua, reduz-se a chance de reviravoltas em vendas já realizadas, assim como minimiza-se os impactos nos empregos e nas receitas. 

Claramente, apenas isso não seria suficiente para enfrentar este período desafiador e passar por ele com resiliência. As empresas do setor, então, aceleraram seus processos de transformação digital – algumas já estavam adiantadas, outras precisaram começar praticamente do zero, mas o caminho foi o mesmo.

Até agora, pelas informações que colhemos das próprias incorporadoras e das empresas que atendem este mercado, a trilha tem sido percorrida com sucesso. Evidente que toda mudança requer tempo, mas conversando com empresas de diferentes portes, regiões e públicos, realmente a impressão é de que o mercado imobiliário tem superado as expectativas do início da pandemia.

Para nós, uma empresa que produz conteúdos para o setor e que tinha nos eventos uma grande entrega aos tomadores de decisão deste mercado, chama atenção a rapidez com que as loteadoras e incorporadoras têm percebido um novo rol de possibilidades no ambiente digital. 

Esta impressão ficou mais clara quando iniciamos a realização dos eventos online. Mesmo sabendo da qualidade do que entregamos à nossa audiência, era incerto o nível de engajamento. Uma vez que os executivos conheceram a plataforma e viram a quantidade de opções para interação – tal qual em um evento presencial, exceto pelo aperto de mãos e pela troca de cartões -, a participação tem sido muito ativa.

Mais do que o próprio evento, que acontece em apenas um ou dois dias, construímos uma jornada que apresenta aos incorporadores uma série de produtos e soluções com potencial para alavancar os negócios. E o interesse tem sido alto, mais alto até do que podíamos prever quando analisamos o cenário e decidimos que havia como continuar fazendo o que nos propusemos a fazer desde o começo. 

Se tem algo que conseguimos afirmar com certeza, trata-se da revolução de pensamento que a pandemia inseriu no mercado imobiliário. Não vai ser da noite para o dia que um setor tão tradicional vai liderar a transformação digital na economia, mas era preciso um começo e uma arrancada. 

O começo ocorreu com algum esforço de empresas como a Smartus, conectando as pontas. A arrancada está acontecendo agora, nos dias mais desafiadores do mundo contemporâneo. A cada semana, fica mais claro que, sim, as empresas do mercado imobiliário gostaram das possibilidades geradas no ambiente digital. 

Ao invés de lamentar as adversidades que vieram com o novo coronavírus, o setor tem procurado alternativas e descobriu que é possível continuar fazendo negócios mesmo que de formas totalmente inovadoras e desconhecidas até então. Ponto para todos nós, envolvidos neste mercado que puxa a retomada do país.

DESIGN & CODE BY Mobme