Receba nossos conteúdos exclusivos!

O melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para você ficar por dentro de tudo o que acontece no setor!

N
Notícias

Plataforma digital facilita obtenção de crédito imobiliário

CrediHome conecta clientes e bancos de forma inovadora e eficiente

19/03/2020
Por Henrique Cisman 

Eliminar burocracias em financiamentos de imóveis se tornou prioridade para algumas empresas do ramo. Entre elas está a CrediHome, startup ativa desde o primeiro semestre de 2018 que desenvolveu uma plataforma para conectar clientes e bancos envolvidos no processo de forma rápida e eficaz. 

De acordo com Bruno Gama, fundador da empresa, ela é uma espécie de marketplace do crédito imobiliário, que nos Estados Unidos e na Europa é chamado de mortgage broker. “Pegamos um cliente originado de diversos canais digitais e não-digitais (imobiliárias, incorporadoras, construtoras) para fazer uma cotação completa, incluindo qual banco o aprovou, quais têm melhores taxas e melhores condições”, explica. 

A startup acompanha toda a tramitação, desde a assinatura do financiamento em cartório até a realização dos pagamentos: “Neste caminho, o cliente pode ter outras necessidades, como fazer portabilidade, amortizar parcelas ou comprar um segundo imóvel, apesar de serem situações esporádicas”, destaca o especialista.

Além das vantagens para o cliente – que ganha mais agilidade e centralização de informações -, as incorporadoras também são beneficiadas:  “Para o incorporador, o grande lance é o momento que chamamos de repasse, ou seja, o cliente comprou na planta, tem um saldo de 60%, 70% do valor do imóvel para quitar, precisa achar uma instituição financeira que lhe aprove crédito para financiar esse saldo”, esclarece Gama. 

Seja em aquisições de imóveis na planta ou já lançados, o especialista salienta que o repasse “é um processo doloroso e demorado, por isso o modelo da CrediHome busca todas as soluções de crédito disponíveis no mercado de maneira fácil, ágil e gratuita a fim de que o comprador consiga ser aprovado rapidamente”.

Linha de produtos próprios

A fintech, além de conectar o cliente com todos os principais bancos (Itaú, Santander, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa), também possui soluções próprias. “Apesar de termos todos os bancos na plataforma, vemos que ainda existem possibilidades de inovação em produtos de crédito imobiliário e melhorias em tecnologia, e é nisso que apostamos”, afirma Gama.

São três os produtos oferecidos pela startup: aquisição, home equity e compra garantida. 

“A aquisição é o produto para quem está comprando imóvel, cujo diferencial em relação aos produtos dos bancos é a tabela price, com as parcelas iguais do começo ao fim – na sac, as primeiras parcelas são maiores”, compara. 

No segundo produto, que é o de home equity, o comprador toma um crédito de uso livre e sua propriedade fica como garantia. Este tipo de operação, amplamente realizada em países da Europa e nos Estados Unidos, ainda é incipiente no Brasil, não encontrando grande espaço nos maiores bancos. 

Já a terceira opção montada pela CrediHome – a compra garantida – é a linha mais inovadora e se destina ao cliente que está fazendo a troca de imóvel: “Ele quer fazer um upgrade, sair de dois para três dormitórios, só que precisa dar 20% de entrada. O que nós fazemos: home equity do imóvel atual para liberar até 40% de seu valor. O cliente pega esse dinheiro e dá entrada no imóvel futuro, financiando o restante”, explica. 

Segundo Gama, com essa operação a venda pode ser feita com calma. “Há uma peculiaridade: ele paga somente 20% da parcela do imóvel nos três anos de prazo [para quitar o empréstimo]. Na prática, ele tem três anos para vender o imóvel; quando vender, quita o home equity e está com o financiamento feito”, completa.

Outras vantagens em relação às linhas bancárias são a possibilidade de composição de renda com até cinco proponentes (pessoas da família ou amigos), período de carência de três a seis meses para início dos pagamentos do empréstimo e financiamento de até 90% do valor do imóvel.

Planos de expansão

A startup já atua em todo o Brasil, principalmente nas capitais do Sul e Centro-Oeste, com filiais em oito estados. Embora a abrangência territorial da solução seja bastante expressiva, os planos são de expansão para todas as áreas do país. 

Bruno Gama, fundador e CEO da CrediHome, é presença confirmada no no Smartus Proptech Summit.

Leia também: Entenda como startup promete facilitar repasse da construtora ao banco
Robô de impressão 3D é capaz de construir casa de 50 m² em 1 dia

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

leia também
Para Mais conteúdo exclusivo, siga nossas redes!
DESIGN & CODE BY Mobme