search

Sustentabilidade pode ser (muito) bom argumento de venda

Empreendimentos se atentam cada vez mais a reduzir impactos e gerar economia aos consumidores

16/4/19

Quando comecei a trabalhar com o mercado imobiliário, uma das primeiras dicas que recebi foi evitar a utilização do termo “sustentabilidade”, mesmo em ocasiões nas quais a palavra coubesse. O conselho foi seguido de uma boa explicação, que de pronto me convenceu: sustentabilidade não dá lucro.

De fato, percebi que há diversas outras pautas mais interessantes ao público para o qual a Smartus produz fóruns, conferências e conteúdo. Redução de custos e eficiência operacional são bastantes queridos pela audiência, afinal, bobo é aquele que não se preocupa em gastar menos e fazer em menor tempo.

Entretanto, tenho percebido que a sustentabilidade deixa de ser simplesmente um termo que designa os “amigos do meio ambiente” e passa a ser – cada vez mais – bom argumento de venda, melhor do que muitos do setor imobiliário imaginam. Pesquisando rapidamente, você irá encontrar uma série de lançamentos que carregam essa marca.

Até mesmo empreendimentos populares têm recebido maior atenção ao viés sustentável da obra, alguns com o selo AQUA-HQE, referência internacional no tema, avaliado no Brasil desde 2008 pela Fundação Vanzolini.

Sem mais delongas, vamos aos motivos que levam a crer que a sustentabilidade pode ser um diferencial importante no momento de fechar um negócio: para o cliente, esse tipo de construção resulta em menos gastos com água, energia e conservação, diminuindo as despesas condominiais.

No longo prazo, prédios realmente sustentáveis tendem a acumular maior valor patrimonial e, se iniciei este artigo destacando que os empresários gostam de lucro, também é verdade que os consumidores gostam de economizar, assim como certamente preferem que seu imóvel se valorize acima da média no futuro.

Não se pode ignorar, ainda, que é crescente a quantidade de pessoas (logo, de potenciais consumidores) engajadas com a causa ambiental, os quais avaliam o compromisso do projeto junto ao meio ambiente como critério indispensável na escolha do imóvel.

Para o incorporador, empreendimentos sustentáveis possibilitam a diferenciação do produto no mercado, maior velocidade de vendas/locação e mais agilidade no processo de aprovação junto aos órgãos de fiscalização ambiental.

Pode ser que a sustentabilidade não adquira protagonismo imediato, mas é certo que o tema permanecerá galgando espaço no setor imobiliário.

*Artigo de Henrique Cisman, jornalista da Smartus

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Recife

Fórum Imobiliário

08 agosto
2019

saiba mais

Fortaleza

Fórum Imobiliário

22 agosto
2019

saiba mais

Belo Horizonte

Fórum Imobiliário

29 agosto
2019

saiba mais

São Paulo

Summit
Minha Casa Minha Vida

12 setembro
2019

saiba mais

Rio de Janeiro

Fórum Microliving

19 setembro
2019

saiba mais

São Paulo

Summit Modelos Disruptivos

23 setembro
2019

saiba mais

Curitiba

Fórum Imobiliário

10 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Summit Alto Padrão 2019

24 outubro
2019

saiba mais

São José dos Campos

Fórum Imobiliário

31 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Smartus Law Summit 2019

05 novembro
2019

saiba mais

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais

Brasília

Fórum Imobiliário

04 dezembro
2019

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação