search

Sistema inovador reduz até 20% do custo da construção

Única empresa homologada para atuar com a solução no Brasil, Tecverde entrega obras em tempo 4 vezes menor

11/4/19

Comum nos Estados Unidos e em países europeus, o wood frame – sistema de construção industrializado para até 4 pavimentos – vem ganhando espaço no Brasil através dos projetos executados pela Tecverde, única empresa do País homologada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (ex-Ministério das Cidades) para atuar nesse tipo de solução.

O sistema inovador melhora o desempenho da obra reduzindo em praticamente 4 vezes o prazo de execução do empreendimento, afirma o CEO da Tecverde, Caio Bonatto. Autorizada a realizar construções de até quatro pavimentos, a empresa consegue, por exemplo, entregar uma obra de 250 unidades em menos de 6 meses.

“Conseguimos reduzir em mais de 4 vezes a quantidade de funcionários, diminuindo riscos trabalhistas, de acidentes e custos indiretos com mão de obra”, afirma Bonatto. A economia final é entre 10% a 20% em relação a outros métodos (alvenaria, principalmente), devido à redução de custos diretos e indiretos obtida com o processo industrializado de construção.

Com o sistema wood frame, 85% da obra é realizada dentro da fábrica da Tecverde, fator que, de acordo com Bonatto, aumenta a qualidade do empreendimento. “Todas as paredes, instalações elétricas, hidráulicas, janela, tudo isso é instalado em um ambiente fabril com um controle de qualidade de fábrica”, ressalta.

O CEO compara o processo aos brinquedos de lego, já que as peças são produzidas na fábrica e montadas no canteiro, servindo a diferentes projetos: “usamos tanto projetos próprios como dos nossos clientes, o que o cliente quiser, não existe limitação arquitetônica”, diz.

A Tecverde atua num modelo B2B atendendo construtoras e incorporadoras das regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil. Atualmente, o foco da empresa é estritamente residencial, distribuindo sua atuação entre habitações do programa Minha Casa, Minha Vida (80%) e empreendimentos de médio e alto padrão (20%), desde que os projetos possuam repetição. “Não construímos uma casa individualizada de alto padrão”, explica Bonatto.

Redução de resíduos e na emissão de CO₂

Além da eficiência operacional e da redução de custos para o loteador/incorporador, o uso do método wood frame gera ganhos ambientais: 80% menos CO₂ (gás carbônico) emitido, 80% menos de resíduos de obra, 90% menos recursos hídricos utilizados na construção e eficiência térmica até 2 vezes maior.

Às vezes as pessoas avaliam a Tecverde como uma empresa para entregar sustentabilidade, apenas, uma empresa de habitação ecológica, mas não nos posicionamos dessa forma, e sim como uma empresa que ajuda a resolver um problema real do setor, que é a ineficiência na construção civil”, pondera Bonatto.

O CEO destaca que o setor da construção civil é o que menos evoluiu em termos de produtividade nas últimas décadas, comparando-o à indústria automobilística. “Há 10 anos atrás, um carro popular e um apartamento popular custavam o mesmo valor; hoje, o apartamento custa 3 vezes mais”, colocando a disparidade na conta da improdutividade do mercado imobiliário.

“Embora os ganhos ambientais sejam importantes para nós, não os utilizamos como argumento de venda. A Tecverde leva produtividade e eficiência para o incorporador e construtor”, finaliza.

Saiba mais sobre a Tecverde.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Serra Gaúcha - Gramado

Fórum Imobiliário Serra Gaúcha

13 março
2020

saiba mais

São Paulo

Smartus
Proptech Summit 2020

19 março
2020

saiba mais

Amazonas - Manaus

Fórum Imobiliário Amazonas

14 abril
2020

saiba mais

Pará - Belém

Smartus Fórum Imobiliário Pará 2020

16 abril
2020

saiba mais

Campinas - São Paulo

Smartus Fórum Imobiliário Campinas

20 maio
2020

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação