search

Minha Casa, Minha Vida completa dez anos

Entre março de 2009 e dezembro de 2018, mais de 4 milhões de unidades foram entregues

22/03/19

O programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) completa dez anos de existência na próxima segunda-feira (25). No período (exceto os três primeiros meses de 2019), o MCMV foi responsável pela contratação de 5,56 milhões de moradias, movimentando mais de R$ 460 bilhões entre recursos públicos e privados.

O governo investiu R$ 160 bilhões no programa habitacional através de subsídios, sendo o restante oriundo das famílias beneficiadas. Do total contratado, 4,67 milhões de unidades foram concluídas até o fim do ano passado e 4,11 milhões entregues para os proprietários.

No ano passado, havia em torno de 40 mil obras do programa paralisadas por falta de recursos das prefeituras – para as contrapartidas – ou desistência das construtoras responsáveis. Se todas as unidades contratadas fossem concluídas, somente o MCMV teria empregado 3,5 milhões de trabalhadores desde que foi criado.

Nestes dez anos, os indicadores evidenciam a importância do programa para atenuar o déficit habitacional brasileiro, que ainda segue em patamares bastante elevados – quase 8 milhões de residências -, além do papel decisivo do MCMV para manter o setor imobiliário ativo nos anos de crise econômica.

“Embora o momento seja de algumas incertezas, o Minha Casa, Minha Vida tende a permanecer como o grande responsável por movimentar o mercado imobiliário residencial, pelo menos ao longo dos próximos meses, principalmente pela grande demanda por habitações econômicas”, analisa o diretor executivo da Smartus, Guilherme de Mauro.

Em 2018, o programa representou 78% dos lançamentos e 70% das vendas. “Sem o MCMV, o segmento da construção e particularmente o mercado imobiliário registrariam impactos negativos ainda maiores que os observados nos últimos anos” destaca o economista Luís Fernando Mendes, da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

No fim do mês passado, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou liberação de R$ 1,35 bilhão para o programa, a ser efetuada em março, a fim de retomar contratações que foram suspensas desde novembro devido à paralisação de repasses. O orçamento total para o MCMV em 2019 é de R$ 65 bilhões, somando subsídios do governo (R$ 4,6 bi) e recursos do FGTS.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Recife

Fórum Imobiliário

08 agosto
2019

saiba mais

Fortaleza

Fórum Imobiliário

22 agosto
2019

saiba mais

Belo Horizonte

Fórum Imobiliário

29 agosto
2019

saiba mais

São Paulo

Summit
Minha Casa Minha Vida

12 setembro
2019

saiba mais

Rio de Janeiro

Fórum Microliving

19 setembro
2019

saiba mais

São Paulo

Summit Modelos Disruptivos

23 setembro
2019

saiba mais

Curitiba

Fórum Imobiliário

10 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Summit Alto Padrão 2019

24 outubro
2019

saiba mais

São José dos Campos

Fórum Imobiliário

31 outubro
2019

saiba mais

São Paulo

Smartus Law Summit 2019

05 novembro
2019

saiba mais

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais

Brasília

Fórum Imobiliário

04 dezembro
2019

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação