search

Mercado imobiliário se anima e projeta melhora no desempenho da economia para os próximos 12 meses

Mais de 70% dos consultados pelo Termômetro GRI acreditam em resultados bons ou excelentes de suas empresas no período

12/11/18

Passado o período eleitoral e com a definição do capitão da reserva Jair Bolsonaro (PSL) como próximo presidente do Brasil, o setor imobiliário demonstra otimismo em relação ao desempenho da economia nacional nos próximos 12 meses.

É o que revela o Termômetro GRI, levantamento realizado entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro pelo GRI Club, imediatamente após o desfecho das eleições presidenciais, que ouviu a opinião de 175 empresários, investidores e executivos de alto escalão de companhias do mercado imobiliário.

De acordo com a pesquisa, 75,3% acreditam que a economia estará “melhor” em relação aos 12 meses anteriores, ao passo que 17,8% creem que o cenário será “muito melhor”. Quando somados, os dois indicadores apontam que 93,1% dos players do setor estão confiantes, percentual 40,4 pontos maior do que o observado no levantamento de agosto (52,7%) e 10,2 pontos acima do resultado de fevereiro (82,9%). Apenas 0,6% veem piora na economia, e 6,3% miram um desempenho semelhante.

Perguntados sobre o apetite para os investimentos no período, 64,9% afirmam que a perspectiva é continuar investindo e ampliar os negócios, percentual 6,7 pontos superior à pesquisa de agosto (58,2%), porém 10,9 pontos abaixo do resultado de fevereiro (75,8%). No momento, 32,8% preferem aguardar a tomada de decisões no campo político-econômico para se posicionar, e somente 2,3% falam em reduzir investimentos – menor índice dentre os três levantamentos realizados.

“Os números evidenciam que o momento é de confiança no mercado imobiliário. Certamente os próximos meses serão de grande movimentação e muitos negócios acontecendo”, analisa o diretor executivo da Smartus, Guilherme de Mauro.

Segmento residencial permanece líder nas preferências do mercado

A predileção de empresas e investidores segue voltada para o residencial, novamente eleito o segmento mais atrativo para novos negócios. A segunda opção mais votada foi loteamentos, reforçando uma tendência já revelada nas últimas pesquisas, seguida por galpões, escritórios, shopping & varejo e hotéis.

Com relação à expectativa dos resultados corporativos, 72,4% dos 175 consultados pelo Termômetro GRI acreditam que os números apresentados por suas companhias serão “bons” ou “excelentes” nos próximos 12 meses (16,1% a mais do que em agosto). Somente 1,1% aguardam resultados ruins no período, enquanto 26,4% esperam desempenho “regular” de suas empresas.

Sinal verde para o próximo governo

O Termômetro GRI também sondou as expectativas dos principais players do mercado em relação às ações e potenciais impactos para o País diante da eleição de Jair Bolsonaro à presidência.

Expressivos 85,1% afirmam que as eleições deste ano trouxeram impactos positivos para os negócios; em consonância, 82,2% revelam ter expectativas boas ou excelentes para o novo governo federal, e 76,4% estão confiantes de que os efeitos favoráveis das eleições tendem a ser médios ou altos, com longa duração.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Porto Alegre

Fórum Imobiliário

04 julho
2019

saiba mais

Recife

Fórum Imobiliário

08 agosto
2019

saiba mais

Fortaleza

Fórum Imobiliário

22 agosto
2019

saiba mais

Belo Horizonte

Fórum Imobiliário

29 agosto
2019

saiba mais

Curitiba

Fórum Imobiliário

17 outubro
2019

saiba mais

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação