Receba nossos conteúdos exclusivos!

O melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para você ficar por dentro de tudo o que acontece no setor!

N
Notícias

Marketing digital representa mais de um terço dos investimentos em publicidade

Geração e conversão de leads estão entre os principais desafios para empresas

15/1/19

Os investimentos em publicidade digital somaram um terço de toda quantia aplicada em propaganda no Brasil em 2017, movimentando quase R$ 15 bilhões, 25,4% a mais do que no ano anterior. Os números são de um levantamento feito pela Interactive Advertising Bureau (IAB) Brasil junto a 250 empresas, dentre anunciantes, agências de publicidade, veículos e empresas de tecnologia.

De acordo com o mesmo estudo, o investimento em marketing digital deve continuar crescendo a um ritmo de 12% ao ano até 2021 (alcançado, portanto, mais de R$ 23 bilhões em quatro anos), enquanto o marketing nas mídias tradicionais terá procura menor, com aumento estimado em 5,5% ao ano na TV e de 3% a 5% em jornais e revistas.

Os maiores aportes continuam sendo realizados nas opções Search, Classificados e Comparadores de Preço, representando 44% do total, ou R$ 6,5 bilhões. Na sequência, vêm os investimentos em displays e redes sociais, somando R$ 5 bilhões (34%), enquanto o formato vídeo abarca R$ 3,2 bilhões (21,6%).

Exploração do meio digital é indispensável para fechar negócios

O desenvolvimento e a democratização da tecnologia forçaram mudanças no comportamento dos players do mercado imobiliário quanto ao modo de apresentar e vender seus produtos para os consumidores. Um dos principais desafios neste novo cenário é obter leads, isto é, usuários da internet que de alguma forma se cadastram junto à empresa para receber promoções, notícias etc.

Este cadastro só é possível a partir do oferecimento de alguma vantagem ao visitante, seja ela participar de sorteios, por exemplo, ou ter acesso a informações exclusivas, em formatos como blog, newsletters, webinars, cursos e e-books.

Para isso é preciso estudar, entender e aplicar as mais diversas variedades do marketing digital, a começar pelo marketing de conteúdo. Trata-se de nutrir os frequentadores do website e das redes sociais com informações de relevância e qualidade, construindo em torno da empresa uma imagem de credibilidade e confiança.

Quanto melhores forem os conteúdos e mais bem posicionados estiverem, por meio da exploração do SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca), com uso de palavras-chave assertivas, mais leads devem ser gerados. Isso não anula, entretanto, a importância de se investir em impulsionamentos e anúncios em mecanismos de busca e redes sociais.

Levantamento feito pela Resultados Digitais mostra que no Brasil já existem mais de três milhões de anunciantes no Facebook e que 200 mil empresas pagaram por publicidade no Instagram nos primeiros cinco meses do serviço de anúncios na rede social. Para os próximos cinco anos, o orçamento das empresas para publicidade em mídias sociais deve dobrar, reflexo do alcance da internet em todos os cantos do País, sendo que 93% das decisões de compra são influenciadas pelas redes sociais.

Diante de consumidores cada vez mais informados e exigentes, o segredo está em oferecer ao público soluções para seus problemas e necessidades antes mesmo de apresentar o produto que deseja vender, cativando a audiência até que ela vislumbre a oportunidade de compra, seja de imóveis residenciais ou comerciais, escritórios, galpões, propriedades compartilhadas, unidades industriais etc.

Vantagens

Para os que ainda não veem motivos para aderir ao marketing digital, essa modalidade tem vantagens relevantes sobre o modelo tradicional: segmentação direcionada, ou seja, é possível se comunicar somente com o público-alvo da empresa; menor preço, principalmente se comparada a propagandas em TV e revistas; monitoramento mais eficiente, com estatísticas de desempenho em tempo real; e agilidade, sendo possível implantar um anúncio em questão de minutos.

“O marketing digital é uma transformação que veio para auxiliar o crescimento das empresas do mercado imobiliário, ao mesmo tempo em que vai aniquilar aquelas que não se adequarem a essa mudança, que é inevitável”, opina o diretor executivo da Smartus, Guilherme de Mauro. Ao longo do ano, este será um dos temas em discussão nos fóruns promovidos pela Smartus nas principais praças dos segmentos imobiliário e de loteamentos do País.

O que é e como funciona o marketing digital?

Marketing digital são ações que promovem marcas, produtos ou serviços através de mídias digitais. O termo se refere ao conjunto de estratégias de comunicação e vendas para superar a concorrência, suprir uma demanda do mercado e satisfazer necessidades do consumidor.

Como fazer o marketing digital?

Um plano de marketing digital, normalmente, exige: estudo de personas, análise da concorrência, pesquisa de palavras-chave, escolhas de canais digitais, definição de metas e objetivos, seleção de estratégias e produção de conteúdo relevante.

Para que serve um curso de marketing digital?

O aprendizado de marketing digital permite ao profissional ou empresa se atualizar dentro da nova dinâmica do mercado, fortalecer a marca digitalmente, segmentar o público, ampliar o relacionamento com os clientes e divulgar com maior eficiência e alcance os produtos ou serviços oferecidos.

O que é mais importante no marketing digital?

Os aspectos mais importantes dentro do marketing digital estão relacionados com a conversão - momento em que o potencial cliente cumpre uma determinada ação e abre espaço para uma oportunidade de negócio - e com o ROI (Retorno Sobre o Investimento), métrica que mensura quanto a empresa ganhou com o investimento feito em determinada campanha.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

leia também
Para Mais conteúdo exclusivo, siga nossas redes!
DESIGN & CODE BY Mobme