Receba nossos conteúdos exclusivos!

O melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para você ficar por dentro de tudo o que acontece no setor!

N
Notícias

Grandes incorporadoras inovam e lançam unidades para locação

MRV e Vitacon lançaram empreendimentos para renda pensando no novo consumidor

15/2/19

As incorporadoras MRV e Vitacon, ambas presentes entre as maiores do mercado imobiliário nacional, lançaram, no início do ano, empreendimentos residenciais exclusivamente voltados para locação, em Belo Horizonte e São Paulo, diante das mudanças de comportamento do novo consumidor – os millennials.

Essa pode ser uma tendência para os negócios do setor diante de novas prioridades na vida dos consumidores, uma vez que o sonho da casa própria parece estar perdendo espaço para opções como viajar, adquirir produtos de tecnologia ou mesmo investir o dinheiro acumulado. Além disso, o aluguel não força o morador a criar raízes, permitindo-lhe mudar de emprego e cidade sem complicações.

Levantamento realizado pela Brain Consultoria e Pesquisa no ano passado revela que no cenário nacional há 35% de potenciais clientes para o mercado imobiliário, ou seja, pessoas que planejam adquirir imóveis ou terrenos para construir, seja no curto ou no médio prazo. Dessa fatia, porém, 22% do total veem a compra de uma casa, apartamento ou lote como forma de investir no longo prazo (não como moradia).

Na opinião do sócio-fundador da Hemisfério Sul Investimentos (HSI), Maximo Lima, além das novas demandas dos consumidores mais jovens, que priorizam “a experiência em vez da posse”, a crise financeira dos últimos anos foi responsável por alterar o perfil de consumo dos brasileiros. “Muitas pessoas não querem mais se comprometer com dívidas longas”, afirmou ao site da Revista Época Negócios.

Já para o gerente de projetos da Smartus, Leonardo Faria, trata-se de um negócio incomum no ramo da incorporação, uma vez que tradicionalmente as empresas constróem para venda, porém isso pode indicar nova tendência para o futuro do setor. “É um modelo que costuma ser evitado, dada a burocracia com os inquilinos, por exemplo, mas é interessante notar esse movimento”, comenta.

Tanto MRV quanto Vitacon lançaram mão de startups para realizar o gerenciamento das unidades, desde a publicidade até a administração de questões contratuais, organização dos condomínios etc.

De acordo com a MRV, o modelo para locação é uma espécie de projeto-piloto e pode sofrer alterações, dentre as quais está a possibilidade do locatário adquirir o imóvel em definitivo e com mais facilidade em relação às negociações comuns para compra de imóveis.

Com relação à Vitacon, a incorporadora está mais segura quanto ao sucesso do negócio e avalia que no curto prazo a maior parte das receitas da empresa deve vir de aluguéis. De acordo com o CEO, Alexandre Lafer, outros quatro empreendimentos do tipo estão em construção em São Paulo e apartamentos para renda também serão lançados em Salvador, Florianópolis e no Rio de Janeiro.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

leia também
Para Mais conteúdo exclusivo, siga nossas redes!
DESIGN & CODE BY Mobme