search

Estruturas em aço são futuro da construção, aponta especialista

Amplamente utilizada em canteiros de obras e telhados, steel frame está sendo aprimorado para erguer casas e prédios inteiros

11/9/19

Com serviços de terraplanagem, locação de máquinas e equipamentos para a construção civil prestados desde 1970, a Lafaete inova ao entrar no segmento de steel frame para empreendimentos imobiliários. Segundo o diretor de operações, Edison Tateishi, há alguns anos a empresa vem desenvolvendo a solução em parceria com a Universidade de São Paulo e uma instituição canadense.

Dentre as vantagens da construção em esquadrias de aço, estão o menor prazo de obra e a qualidade superior do produto final, com destaque para os melhores desempenhos térmico e acústico, além do cumprimento de normas. “Falando de residências do Minha Casa, Minha Vida [construídas] em alvenaria, por exemplo, muitas delas não passam nas normas atuais”, revela Tateishi.

O especialista destaca a utilização de menos recursos e a geração de menos resíduos em virtude do desenvolvimento fabril dos módulos. “Queremos fazer o máximo possível dentro do ambiente de fábrica, que é muito mais controlado e resulta em maior produtividade, além de ser melhor para o trabalhador. Ou seja, é vantagem para quem compra, para quem empreende e para quem trabalha”, afirma.

Enquanto casas e prédios inteiros não são erguidos em estruturas de aço, a Lafaete já oferece telhados com essa tecnologia. Em 2018, foram atendidas mais de mil unidades entre apartamentos e casas – boa parte no programa Minha Casa, Minha Vida, substituindo as tradicionais estruturas em madeira. Tateishi explica que a madeira facilita a ocorrência de patologias e é mais propensa a problemas estruturais.

Por outro lado, muitas construtoras passaram a utilizar telhados em aço sem se atentar às normas: “Há condições mínimas de vento às quais o telhado precisa resistir – no Brasil, em torno de 45 metros por segundo [de velocidade]. Outro fator são as placas fotovoltaicas no telhado: isso tem um peso que precisa ser dimensionado”, alerta Tateishi.

De acordo com o diretor de operações da Lafaete, são vários os apelos para contar com a solução: atendimento a normas, redução de patologias, maior qualidade do produto finalizado em fábrica, incluindo a ausência de ferrugem nas soldas – comum quando o telhado é soldado no local.

A centralização de todas as etapas do serviço é vista como a principal vantagem por evitar retrabalhos e o jogo de empurra-empurra dos prestadores de serviço. “Como fazemos toda a estrutura, ou seja, colocação de telha, calha, rufo e moldura, no cômputo geral fica mais barato e prático para o cliente. Uma obra mais rápida é uma obra mais barata, além de a qualidade ser superior”, ressalta Tateishi. 

Atendendo obras em todas as regiões do Brasil, a Lafaete também aluga contêineres metálicos nos canteiros de obra, montando da noite para o dia escritórios, refeitórios, vestiários, banheiros e até cozinhas. “Hoje, é consenso que o modular metálico é a melhor solução para os canteiros de obra”, encerra Tateishi.

Para mais informações, clique aqui.

Para mais informações e acesso a conteúdos exclusivos, siga-nos em nossas redes sociais:

 

Clique aqui e receba semanalmente todo o conteúdo Smartus.

Próximos eventos

Todo o conhecimento e o know-how dos grandes líderes do mercado imobiliário em eventos imersivos e de alta performance. Venha evoluir com a gente!

Florianópolis

Fórum Imobiliário

21 novembro
2019

saiba mais

Rio de Janeiro

Fórum Imobiliário

28 novembro
2019

saiba mais

Brasília

Fórum Imobiliário

05 dezembro
2019

saiba mais

São Paulo

Smartus
Proptech Summit 2020

19 março
2020

saiba mais
Desenvolvido por Mobme Comunicação